Edit

Seja bem-vindo a Solus Oncologia

(32) 3512-3302

Whatsapp

(32) 3512-3309

Atendimento e Consultas

Seg. a Sex.

das 07:00 às 19:30 hrs
Sáb. das 08:00 às 13:00hrs

Na vida como no esporte

Na vida como no esporte

No dia 23 de julho começam as Olimpíadas 2021 e neste ano ela ocorrerá em Tóquio, no Japão.

Sua criação data do ano de 2700 A.C quando tinham um papel fundamental na vida dos gregos, chegando a interromper guerras entre as cidades num ritual chamado de “trégua sagrada”.

Os atletas se preparam durante um longo período envolvendo desde treinos físicos, técnicos e táticos até acompanhamento médico, psicológico e nutricional, tudo isso para enfrentar seu adversário. É importante lembrar que ele não luta sozinho. Ao lado dele existe um staff composto por família, profissionais de diversas áreas e amigos.

E o que podemos aprender com esse mundo dos esportes e competições? Quais as competências que precisamos desenvolver, assim como os atletas, para enfrentar nossos desafios diários? Autoconfiança, determinação, superação, inovação, autogestão, disciplina, capacidade de comunicação, enfim, são algumas habilidades que podem ser aprendidas, desenvolvidas e são citadas em muitos livros sobre esportes (abaixo, sugestões de livros relacionados).

Durante o tratamento de um câncer, muito ouvimos falar destas habilidades. Escutamos daqueles que nos cuidam, sejam profissionais, amigos e familiares sempre bem intencionados, que precisamos ser fortes e lutar. E o que é saber lutar?

No treinamento esportivo, os atletas enfrentarão um período duro, permeado de lesões, frustrações, desânimo, experiências emocionais intensas como medo, ansiedade, inseguranças… Durante o tratamento oncológico, assim como no esporte, poderá passar por períodos igualmente difíceis. Entremeado a isso tudo também vivenciará pequenas e grandes alegrias, recomeços, reencontros com você e com outros. Estes, algumas vezes tão perto e tão distantes.

Lutar significa estar disposto a encarar o desafio, mas, acima de tudo, reconhecer que o caminho, apesar de árduo, com seu staff, terá mais chances de estar preparado para as adversidades que poderão surgir durante o treinamento/tratamento. Que você possa se inspirar nas diversas situações vividas por atletas e se encorajar. Essas reflexões poderão lhe ajudar em tomadas de decisões mais assertivas e transformarão sua caminhada.

Seguem dois relatos sobre o esforço diante dos desafios.  O primeiro é do Marcelo Rodrigues Marota, paciente da clínica que, no momento, está em tratamento por causa de um câncer. O segundo da Renata Chaves que, além de ser nossa colaboradora no Faturamento, é atleta.

 

O esporte é fonte de inspiração e transformação. Esta lição se torna evidente, a cada quatro anos, nas olímpiadas, especialmente nos jogos paraolímpicos, onde os atletas passam a mensagem de que a deficiência/doença pode estabelecer limites em nossas vidas, mas não incapacidade. Dificuldades existem e sempre existirão para todos na jornada da vida. O primeiro passo para superação é descobrir os limites e deixarmos de perguntar “por quê” e passarmos a nos questionar “por que não”? Assim agindo, libertamo-nos da prisão imaginária, criada por nossa própria mente, e aprendemos a sermos capazes de lidar com desafios complexos, de adaptar. Passamos a compreender que alterando nossa paisagem mental, acolhendo e sendo acolhido, trabalhando colaborativamente, em equipe (família, amigos, profissionais da saúde, sociedade), somos capazes de tolerar a dor, superar nossos limites e dedicar nossas energias em atividades capazes de inspirar e ajudar muitas pessoas. É por isso que, nesta prova mais difícil de minha vida, enquanto meu cérebro e coração estiverem funcionado, jamais desistirei.  Persistirei apesar dos desafios que são muitos para, na linha de chegada, saborear a vitória dizendo que: valeu a pena viver.

 

Para quem acha que ser atleta é só diversão, está completamente enganado! Ser atleta vai muito além, como gerenciar vitórias e derrotas, alegrias e frustações, superações, etc… Ser atleta nos faz encarar desafios tão trabalhosos e cansativos, como em qualquer outra profissão ou, qualquer coisa que tenhamos que encarar durante a vida. Nos exige determinação, vontade, disciplina, lidar com nosso emocional, entre outras mil capacidades que precisamos desenvolver como humanos. Mas lutar contra todos esses desafios, nos faz ter um brilho e uma necessidade todo dia, de querermos sempre mais, de sentir o gosto de ganhar, sentir a emoção e o frio na barriga, de que somos capazes de encarar qualquer tudo, tanto no esporte, quanto na vida! Aprendemos que podemos ultrapassar limites, a sonhar e acreditarmos que, mesmo com as adversidades que estão por vir, a todo momento, nós persistiremos e, no final, saber que cada gota de suor e todo o trabalho realizado será um lindo fruto de toda a difícil jornada até a vitória!”

Que estes relatos sirvam para inspirar você.

 

Sugestões de filmes que retratam algumas histórias no esporte:

  • Menina de Ouro;
  • Um sonho Possível;
  • Karatê Kid;
  • O Homem que Mudou o Jogo;
  • Mais Forte que o Mundo;
  • A Grande Vitória;
  • Um Homem entre Gigantes.

Sugestões de livros relacionados ao esporte:

  • Transformando Suor em Ouro – Bernadinho;
  • Descubra o Craque que há em Você – Cesar Souza e Mauricio Barros;
  • Reflexões do Esporte para o Desenvolvimento Humano – Renato Miranda.

 

Fique ligado:  A abertura dos Jogos Olímpicos 2021 será na próxima sexta-feira, dia 23 de julho, às 8 horas (de Brasília).

Adriana Paes
Psicóloga/Mestre em Educação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *