Ceia de Natal para pacientes oncológicos



Festas de fim de ano costumeiramente são sinônimo de alimentação farta, boa e altamente calórica, isto sem contar as bebidas típicas, como os espumantes.


Mas no caso de pacientes oncológicos, o cuidado vai além da contagem de calorias. Há que se tomar cuidado, principalmente os pacientes que estão em tratamento radioterápico e quimioterápico.


Prestar atenção ao que se consome é fundamental nesses casos. Não há ao certo uma proibição quanto à alimentação, mas alguns cuidados devem ser observados, principalmente para se evitar efeitos indesejáveis do tratamento, como náuseas, enjoos e diarreia.


Como evitar ficar longas horas sem se alimentar, evitar os excessos de alimentos gordurosos e não deixar de se hidratar adequadamente.


Um brinde, com moderação!


É recomendável o consumo de sucos naturais, evitando o consumo de refrigerantes e de bebidas alcoólicas. Atualmente, nos mercados é possível encontrar espumantes sem álcool, sendo o seu consumo liberado para as pessoas que sentir necessidade, respeitando é claro o equilíbrio.


Ceia saudável!


Alimentação saudável também pode ser prazerosa e se for fracionada em pequenas porções e intervalos é melhor ainda aos pacientes.


Por isso, na ceia não pode faltar uma entrada, que pode ser uma boa salada de folhas bem coloridas, temperadas com ervas aromáticas e pouco azeite.


Que tal incrementar com um pouco de nozes ou castanhas e um toque especial com fatias de frutas, como a manga ou o morango, por exemplo?


Mas atenção: ao preparar a salada, lembre-se de higienizar muito bem as folhas e as frutas.


As sobremesas podem ser substituídas por frutas frescas da estação, boas para a saúde ou também vale a pena abusar da criatividade e fazer sobremesas menos calóricas que contenham como base as frutas.


Abaixo separamos uma lista de frutas da estação para vocês se inspirarem:


Propriedades das frutas

Ameixa: é rica em potássio e vitamina A.

Cereja: contém alto teor de fibra, auxiliando no funcionamento do intestino, fonte de ferro, cálcio e vitaminas A, B e C.

Damasco: muito rico em vitamina C, fibras e betacaroteno.

Framboesa: tem vitamina C, cálcio, potássio, magnésio e ferro.

Manga: fruta rica em vitamina A, vitaminas do complexo B e vitamina C; cálcio, fósforo, fibras alimentares e outros nutrientes.

Melancia: contém magnésio, vitamina A, B6 e C.

Morango: contém as vitaminas C e B9, além de ser rico em minerais como, por exemplo, ferro e potássio.

Pêssego: rico em vitamina C e pró-vitamina A.





E COMO NÃO PODERIA FALTAR, ALGUMAS RECEITAS


Assado de peru com mandioquinha

Rende 6 porções


Ingredientes

  • 1 litro de leite desnatado

  • 1 quilo de mandioquinha descascada e cortada em pedaços

  • Sal a gosto

  • 1 cebola ralada

  • 2 dentes de alho amassados

  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva, mais um pouco para untar

  • 3 xícaras de chá de carne de peru assada e desfiada

  • 1 lata de milho escorrido

  • 1/2 xícara de chá de molho de tomate

  • 4 colheres de sopa de queijo parmesão ralado


Modo de preparo Ponha a mandioquinha para cozinhar no leite com um pouco de sal até que fique bem macia.

Reserve o leite que restar na panela e passe a mandioquinha pelo espremedor. Em outra panela, aqueça o azeite e doure o alho e a cebola.

Refogue o peru desfiado por um minuto e, então, junte o milho, o molho de tomate e o leite reservado. Tempere com sal, se achar necessário.

Cozinhe por 15 minutos, mexendo de vez em quando, até o molho se encorpar. Unte um refratário com azeite e esparrame o refogado de peru.

Cubra tudo com o purê de mandioquinha e salpique o queijo ralado. Leve ao forno pré-aquecido por 20 minutos ou até ficar dourado. Sirva em seguida.


Arroz integral com amêndoas

Rende 6 porções





Ingredientes

  • 3 xícaras de arroz lavado e escorrido

  • 3 colheres de sopa de óleo

  • 2 dentes de alho amassados

  • 6 xícaras de caldo de galinha

  • 1 xícara de amêndoas torradas e sem casca picadas


Modo de preparo Doure o alho no óleo quente. Ponha o arroz na panela e refogue por 3 minutos, mexendo de vez em quando.

Junte o caldo de galinha (se ele não estiver suficientemente salgado, acrescente uma pitada de sal). Ao ferver, abaixe o fogo e tampe.

Espere até metade do caldo se evaporar para acrescentar as amêndoas, dando uma boa mexida. Continue o cozimento com a panela semitampada, até o arroz ficar macio e soltinho.


Flan Natalino

Rende 6 porções





Ingredientes

- Para o Flan

  • Óleo para untar a forma

  • 1 embalagem de gelatina em pó incolor sem sabor (24 g)

  • 15 colheres (sopa) de Leite em pó Sem Lactose (195 g)

- Para a Calda

  • ½ xícara (chá) de açúcar (80 g)

  • 2 cravos

  • 1 rama pequena de canela em pau

  • 1 anis estrelado

  • ½ xícara (chá) de damascos secos cortados em tiras (85 g)

  • ¼ de xícara (chá) de uva passa preta (30 g)


Modo de Preparo

Flan: Unte uma forma funda e redonda (de furo central de 22 cm de diâmetro) com óleo, retirando o excesso com um papel toalha.

Dissolva o leite em pó em 4 ½ xícaras (chá) de água (900 ml) e reserve. Hidrate a gelatina em 10 colheres (sopa) de água por 1 minuto.

Em seguida, leve-a ao microondas por 15 segundos para derretê-la, sem deixar ferver. Junte-a ao leite em pó misturando bem.

Despeje na forma untada e leve à geladeira por aproximadamente 2 horas ou até ficar firme. Desenforme no prato em que for servir.

Calda: Ferva ½ xícara (chá) de água (100 ml) com o açúcar e as especiarias. Quando estiver levemente grossa, retire as especiarias, acrescente as frutas secas e desligue o fogo. Deixe esfriar e sirva a calda sobre o flan.


Que você e sua família tenham uma deliciosa ceia e um feliz natal.


Para mais informações, curiosidades e dicas sobre oncologia, continue acompanhando nosso blog.

R São Sebastião 867 - Juiz de Fora /MG  

Telefone: (32) 3512-3333

©2020 - Solus Oncologia - Todos os Direitos Redervados

Siga a Solus nas Redes Sociais!

  • White Facebook Icon