Leitura: o que essa atividade pode fazer por pacientes oncológicos

Seja por prazer, seja para estudar ou para se informar, a prática da leitura aprimora o vocabulário e dinamiza o raciocínio e a interpretação.


Além disso, pode ser ótima fonte de distração, estimulando a mente, quebrando as fronteiras da imaginação e descobrindo novos universos sem precisar sair do lugar. E está valendo qualquer ferramenta, livro digital, físico, jornais, revistas ou gibis.


A leitura é uma maneira de se abstrair, mesmo que por um momento, dos efeitos do câncer na vida do paciente, bem como o tratamento oncológico. Essa atividade ajuda muito no processo de cura do paciente oncológico.


A Solus possui uma biblioteca chamada Denise Monteiro (título/homenagem à uma paciente) onde disponibiliza alguns exemplares, de variados gêneros, à sua disposição.


Seja enquanto você está em tratamento ou, preferindo levar para casa, esta atividade poderá contribuir de forma positiva no sentido de lhe fornecer uma boa ferramenta para lidar com os períodos difíceis do tratamento. Depois de lermos um bom livro, saímos modificados, renovamos o espírito e repensamos valores e prioridades.





Algumas dicas:


  • Procure livros que sejam compatíveis com suas preferências;

  • Não leia algo só porque é considerado um clássico ou porque disseram que é bom;

  • Encontre obras que preencham seus pensamentos de alguma forma;

  • Gosto é particular e todos devem respeitar, inclusive você mesmo.


Sugestão de livros:


  • Concerto para Corpo e Alma

Rubem Alves

"Compreendi que a vida não é uma sonata que, para realizar sua beleza, tem de ser tocada até o fim. Dei-me conta, ao contrário, de que a vida é um álbum de minissonatas. Cada momento de beleza vivido e amado, por efêmero que seja, é uma experiência completa que está destinada à eternidade. Um único momento de beleza e de amor justifica a vida inteira."




  • PERDAS E GANHOS

Lya Luft

A intenção de Lya Luft é de que o Perdas e Ganhos seja um começo de reflexão para sermos mais felizes. Ser feliz significa ter projeto e afeto. Temos a ilusão de que ser feliz é uma coisa extraordinária e não é. É, sobretudo, uma construção de amorosidade por pessoas e coisas que fazemos e temos.





Para saber mais sobre nossa biblioteca e tudo o que a Solus Oncologia pode oferecer aos seus pacientes, acesse nosso site.


Adriana Paes CRP 9093

Psicóloga Clínica

Mestre em Educação

R São Sebastião 867 - Juiz de Fora /MG  

Telefone: (32) 3512-3333

©2020 - Solus Oncologia - Todos os Direitos Redervados

Siga a Solus nas Redes Sociais!

  • White Facebook Icon