Alguém que amo tem câncer: Como posso ajudar?



O diagnóstico de um câncer abala não somente o paciente, mas também todos que estão envolvidos de alguma forma com ele, especialmente os familiares. Portanto, é muito importante que você, familiar, esteja atento aos seus sentimentos e necessidades neste momento. Só assim poderá ajudar quem você ama de maneira eficaz.


Poderão surgir dúvidas sobre qual a melhor forma de dar apoio. É importante ressaltar que cada paciente lida com o diagnóstico de maneira muito particular, mas algumas orientações podem ajudar você a se preparar melhor para o suporte e o acolhimento necessário.


Cuidar da sua saúde é fundamental


Sabemos que as demandas e necessidades do paciente poderão aumentar e novas tarefas precisarão ser assumidas. Mesmo assim, na medida do possível, procure reservar algum tempo pra você, tente dormir bem, se alimentar de forma adequada, praticar exercícios e descansar.


Cuide de seus sentimentos, pois é normal vivenciar altos e baixos, desânimo, incertezas e dúvidas. Você pode procurar um amigo ou, se não for suficiente, um profissional psicólogo pode lhe proporcionar espaço neutro de escuta e acolhimento.


Não existe receita e nem o que é certo ou errado ao lidar com o paciente. Você mais do que ninguém conhece ele e sabe do que gosta e como prefere ser cuidado.


Porém algumas dicas podem ajudá-lo:

  • Converse sobre assuntos além da doença.

  • Ofereça ajuda com pequenas tarefas e pergunte como pode ser útil.

  • Deixe-o decidir o que e quanto quer compartilhar.

  • Respeite se a pessoa precisar de espaço.

  • Se não souber o que dizer, seja sincero e diga que a pessoa pode contar com você. Ofereça-se para ouvi-la.

  • Evite comparar a situação dela com a de outra pessoa.

  • Tente não expressar falso otimismo ou esperança.

  • Não conte para outras pessoas, deixe que a pessoa conte a quem ela quiser.

  • Evite impor sua opinião sobre tratamentos e cuidados.

  • Evite usar linguagem que pode fazer com que a pessoa se sinta culpada (por exemplo: “Você não pode desistir”, “Tem que ser forte”, “Tem que vencer”, “Não pode ficar triste”).


Não se esqueça: todo o cuidado que dispensar a você será também um cuidado com quem você ama.


Para auxiliar em todo o processo, aqui na Solus Oncologia oferecemos tratamento humanizado e apoio psicológico aos pacientes e familiares. Para saber melhor como funciona, ligue para 3512-3333.


Adriana Paes – CRP 9093

Psicóloga e Mestre em Educação

Fonte: ONCOGUIA

R São Sebastião 867 - Juiz de Fora /MG  

Telefone: (32) 3512-3333

©2020 - Solus Oncologia - Todos os Direitos Redervados

Siga a Solus nas Redes Sociais!

  • White Facebook Icon