Anemia no paciente oncológico: tudo o que você precisa saber

O tratamento oncológico tem por finalidade a cura e o alívio dos sintomas do câncer. Alguns tratamentos como a quimioterapia, terapia alvo, a hormonioterapia, a cirurgia e a radioterapia, podem provocar em um indivíduo alguns efeitos colaterais que podem variar de paciente para paciente. Sendo a anemia um desses efeitos colaterais.


A anemia é caracterizada pela diminuição dos glóbulos vermelhos (hemácias) no sangue, e pode estar presente na maioria dos pacientes oncológicos. Os glóbulos vermelhos são responsáveis por carregar o oxigênio ao organismo através de uma proteína denominada de hemoglobina. Se os níveis desses glóbulos estiverem muito baixos, parte do corpo fica sem receber a quantidade necessária de oxigênio e passa a não funcionar corretamente.


O que causa a anemia?


Várias causas podem levar a uma diminuição de glóbulos vermelhos, entre elas estão:


  • Alguns quimioterápicos podem levar a um dano na medula óssea, prejudicando sua capacidade de produção de glóbulos vermelhos;

  • Cânceres que provocam metástase óssea;

  • Tratamento quimioterápico com cisplatina e carboplatina podem levar a uma diminuição de alguns hormônios que estão relacionados com a produção de glóbulos vermelhos;

  • Dependendo da região aonde for o tratamento radioterápico, pode levar a um dano na medula óssea;

  • Náuseas, vômitos e perda de apetite, podem levar a uma falta de nutrientes que o corpo precisa para a produção de glóbulos vermelhos, como ferro, vitamina B12 e ácido fólico;

  • Sangramentos por longas cirurgias;

  • Baixa resposta do sistema imunológico;


Quais são os sintomas?


A anemia pode ter vários sinais e sintomas dentre esses:


  • Fadiga;

  • Fraqueza muscular;

  • Aumento do batimento cardíaco;

  • Tonturas e desmaios;

  • Falta de ar;

  • Palidez;

  • Dor de cabeça;

  • Insônia;

  • Dificuldade de manter-se aquecido;

  • Entre outros.


Para saber se uma pessoa tem ou não anemia, a mesma pode ser diagnosticada pelo exame de sangue, na qual são solicitados glóbulos vermelhos, brancos e plaquetas. E uma das maneiras de melhorar a anemia é através de medicamento ou transfusão sanguínea ou suplementos.


Como tratar?


Tratamento Nutricional:


É necessário seguir uma alimentação equilibrada que contenham calorias e proteínas necessárias que o seu corpo necessita; procure ter 8 horas de sono por noite; limite suas atividades, fazendo apenas as atividades que realmente forem necessárias; tenha ajuda de familiares ou amigos para auxiliar nas tarefas diárias.


E lembre-se: é importante conversar com o seu médico, nutricionista ou enfermeiro para conseguir as melhores orientações sobre o melhor tratamento e a alimentação para esses casos.



Se apresentar outras dúvidas, você pode pesquisar em fontes confiáveis, como o site da Solus, o site do Inca ou do site da Oncoguia.


Vanessa Cirilo Caetano

Nutricionista CRN 19417

R São Sebastião 867 - Juiz de Fora /MG  

Telefone: (32) 3512-3333

©2020 - Solus Oncologia - Todos os Direitos Redervados

Siga a Solus nas Redes Sociais!

  • White Facebook Icon